Chateaubriand ao vinho

Para 2 pessoas

2 filés (cortados para chateaubriand), com cerca de 200g cada
2 colheres de sopa de manteiga
½ cubo de caldo de carne
200 ml. (1 copo grande) de vinho tinto seco
1 xícara de champignons (frescos ou em conserva)
Pimenta do reino


1) Coloque os filés em uma tábua para carnes e salpique com um pouco de pimenta do reino moída por todos os lados.
2) Corte os champignons em fatias. Se forem frescos, coloque em uma tigela com água e vinagre ou água e limão .
3) Leve uma frigideira ao fogo bem alto. Quando estiver muito, muito quente, coloque nela metade da manteiga. Deixe derreter, mas não queimar.
4) Coloque os filés na frigideira. Não fique virando. Para que ele fique legal basta fritar uma vez de cada lado, de todos os lados, até formar uma casquinha marrom ou dourada. Não se assuste com a fumaça. Faz parte.
5) Quando estiverem prontos - ao ponto, bem ou mal passados - tire os filés e coloque dentro de uma travessa ou prato. Guarde no forno, assim eles vão continuar quentes enquanto você faz o molho.

Molho:
6) Diminua o fogo e na mesma frigideira em que fritou os filés junte o resto da manteiga. Não se incomode com os restinhos de carne e a gordura que estão no fundo da frigideira, a idéia é aproveitá-los.
7) Assim que a manteiga derreter, coloque na frigideira um pouquinho do vinho e, com uma colher de pau, esfregue bem a base de frigideira até soltar tudo que está no fundo.
8) Junte o resto do vinho, aumente o fogo e coloque a metade do caldo de carne (não se preocupe que ele vai se dissolver). Fique misturando.
9) Deixe reduzir por uns 5 minutos. Adicione os champignons e cozinhe por mais 1 minuto.
10) Jogue o molho sobre os filés e sirva.

Obs.:
Para um molho mais rico: junte uma colher de sopa de creme de leite ao final mas não deixe ferver.
Chateaubriand: é o filé mignon cortado em bifes altos (cerca de 5 cm) e largos (aprox. 10 cm.).
Champignons: na água com vinagre ou com limão eles não escurecem depois de cortados
Frigideira: a ideal é aquela de ferro, bem grossa. Se não tiver, paciência.

Nenhum comentário: